8 motivos que precisam estar na ponta da língua na hora de vender um sistema fotovoltaico

A venda de sistemas de energia solar pode ser um trabalho árduo, principalmente pelo alto preço que os sistemas ainda são vendidos.

O custo de instalação ainda ser alto, a falta de informação e desconfiança por ser uma “nova” tecnologia, pelo menos no Brasil,  ainda são fatores que  dificultam a venda de sistemas fotovoltaicos.

Mas quem já está por dentro do assunto, sabe que a lista de vantagens é muito maior do que estes empecilhos, por isso é importante estar com esses argumentos na ponta da língua na hora da venda. Para te ajudar, listamos algumas dicas e benefícios que podem fazer a diferença na hora de finalizar a venda.

1. Consciência ambiental

A energia solar fotovoltaica é uma fonte de energia totalmente renovável, ou seja, vem de uma fonte inesgotável que é o sol, não poluindo e nem desgastando nosso meio-ambiente.

2. Redução de cerca de 95% da conta de luz

Para consumidores finais, é possível reduzir em até 95% o valor da conta de luz. O cliente passa a pagar somente as tarifas obrigatórias para a distribuidora, para que essa continue prestando serviço de conexão com a rede.

3. Ligação e geração de créditos de energia junto a distribuidora

A possibilidade de gerar créditos de energia ao injetar mais energia do que a consumida, é um argumento sólido de como o cliente pode controlar sua produção energética. Assim seus clientes podem utilizar a energia produzida em excesso em momentos de baixa produção ou consumo maior.  O prazo de 60 meses para utilizar os créditos através da distribuidora também é uma grande vantagem.

Também a ligação do sistema On-Grid à rede pública faz com que o cliente gerador de energia solar passe a ser parte de um novo ecossistema que está surgindo. Desse modo ele auxilia a distribuidora local com a geração da energia de forma sustentável.

4. Empreendimentos com diversas unidades consumidoras

Seu cliente pode fazer parte de um condomínio ou prédio comercial, que isso não será um problema! A instalação de usinas fotovoltaicas em prédios com diversas unidades consumidoras já é permitida.

5. Compensação energética em outras UCs

Apresentar a compensação energética ao seu cliente pode ser um grande ponto a favor, se ele possuir outros prédios no seu CPF ou CNPJ.  O sistema é permitido desde a Resolução 482 em 2012, fazendo com que o proprietário de mais de uma Unidade Consumidora possa transferir seus créditos de produção, desde que estajam dentro na mesma área da concessionária.

6. Incentivos fiscais e financiamentos

No amadurecimento do setor de sistemas fotovoltaicos, novos programas de incentivos fiscais e financiamento aparecem cada vez mais. Na questão de incentivos fiscais, podemos ver a isenção do ICMS e do PIS/COFINS para consumidores que injetam energia na rede pública em 24 estados brasileiros.

Para consumidores residenciais ou empresariais de todos os grupos, é possível encontrar programas de financiamento que auxiliam em até 80% do valor total e com prazo de pagamento para 72 meses!

7. Cooperativas de energia solar

Seu cliente pode se reunir com outros interessados da sua região e formar uma cooperativa de energia solar. Assim o custo do sistema fica mais em conta para todos e mesmo assim ainda pode reduzir em até 95% a conta de luz dos participantes.

8. Monitoramento de cada kWh

Com tecnologias como o WattPanel é possível que seu cliente tenha controle sobre cada kWh que seu sistema fotovoltaico esteja gerando! Tudo isso a partir de um painel exclusivo com a logo e as cores de sua empresa EPC. Dessa forma é possível acompanhar com exatidão o impacto ambiental que o cliente deixa de exercer no meio ambiente. Também é possível que o seu cliente compare em tempo real o quanto ele está economizando caso estivesse pagando pelo consumo comum de energia, essa entre outras informações que podem ser acompanhadas em nosso painel.

monitoramento de usinas solares